Make your own free website on Tripod.com
Internet

E-mail

Home | O que é a Internet? | O que é necessário para aceder à Internet? | História da Internet | Navegação na Web | Serviços básicos | Procura / Pesquisa de informação | E-mail | Organização da Informação

O e-mail ou correio electrónico é um sistema que possibilita o envio e recepção de mensagens electrónicas através do nosso computador para qualquer utilizador da Internet desde que este tenha um endereço electrónico. É o serviço mais utilizado da Net e, seguramente, um dos canais de comunicação do futuro.

Para trocar mensagens electrónicas, os computadores do remetente e do destinatário não necessitam de estar directamente ligados. Devidamente endereçada, a mensagem circula pela Net e chega ao seu alvo. E o destinatário não precisa de estar ligado à rede nesse momento pois a mensagem fica armazenada na sua caixa postal electrónica e quando ele se ligar à Net pode ler a sua mensagem, respondê-la de imediato, guardá-la ou imprimi-la e mesmo enviar cópias para outros destinatários.

 

Características:

Chega ao destinatário poucos segundos depois do envio;

  • Pode chegar em simultâneo a vários destinatários;
  • É possível enviar mensagens com o conhecimento (cc – carbon copy) de várias pessoas, situadas em pontos diversos do Mundo, no momento da expedição;
    Podemos ainda usar o bcc (blind carbon copy) para incluir outros destinatários. Neste caso, o principal destinatário (To) não saberá que a mensagem seguiu também para outros destinatários (endereços inseridos no bcc);
  • Tem a capacidade de levar em anexo ficheiros de texto, imagem e som, chamados attachments;
  • É facilmente arquivável, reencaminhável, copiável e integrável em outros documentos;
  • Maior rapidez em relação ao correio tradicional;
  • Menos custos (uma mensagem custa apenas o preço de uma chamada local).

 

Programas de e-mail

A utilização deste tipo de programas é muito intuitiva e bastante simples. Existem vários programas de e-mail no entanto o modus operandis destes é muito semelhante, diferindo, apenas, no seu aspecto gráfico e em algumas funcionalidades ou recursos. Os programas – clientes – de e-mail mais populares são:

  • Netscape Mail
  • Eudora
  • Messenger
  • Outlook 97
  • Outlook 98
  • Outlook 2000
  • Outlook Express

Para utilizar um programa de e-mail devemos, inicialmente, proceder à sua configuração, fornecendo ao programa algumas informações essenciais para que ele possa corresponder às nossas expectativas. Devemos, então, indicar qual o nome do nosso servidor de e-mail, o endereço e-mail, que nos identificará o método de conexão, entre outras informações que nos são colocadas no processo de configuração inicial. Por exemplo, se nos ligarmos à Net via Dial-up (modem) devemos informar o nosso programa de e-mail sobre o qual o número a marcar para estabelecer uma comunicação com o servidor bem como o nosso username e password atribuídos pelo ISP (Internet Service Provider). 

E-mail address

Cada utilizador precisa de ter um endereço para que seja possível trocar mensagens electrónicas, tal como sucede no correio tradicional. Esse endereço é único, não podem existir dois utilizadores com endereços iguais. Assim, sempre que enviamos uma mensagem é essencial colocar no campo apropriado ("Para" ou "To") o endereço do nosso destinatário. O nosso endereço é automaticamente colocado. O formato dos endereços de correio electrónico está, em regra, organizado deste modo:

<nome do utilizador>.<departamento>@<organização ou institução>.<país>

Exemplo: MVmiguelvale@sapo.pt

Tipos de sistemas de e-mail

Existem dois tipos de sistemas de correio electrónico na Internet:

- SMTP (Simple Mail Transfer Protocol):

Neste sistema o nosso PC liga-se ao servidor de mail na Net – ISP – que vai verificar o username e a password relativos ao nosso endereço de e-mail. Após a validação, o computador do ISP envia todas as mensagens que nos são destinadas para o nosso PC. Se o nosso PC tiver mensagens para enviar estas são transferidas para o computador do ISP.

- POP 3 (Post Office Protocol 3):

Este é o sistema mais utilizado actualmente. A validação da nossa identificação é feita apenas sobre uma password. O POP 3 permite-nos aceder ao nosso correio em qualquer parte do mundo desde que haja um PC ligado à Internet.
Os nossos endereços de webmail usam este protocolo.

Livro de endereços

Todos os programas de e-mail contêm um livro de endereços (address book) que possibilita o arquivo dos endereços electrónicos que mais utilizamos e facilita o envio de e-mails.
Uma das principais funcionalidades do address book é a integração no processo de envio de mensagens. Assim, não necessitamos de decorar os endereços dos nossos destinatários nem de digitá-los no campo "Para" ("To") sempre que queremos enviar-lhes um e-mail. Basta clicar no botão do campo "Para" para de imediato termos acesso ao livro de endereços, escolhendo, a partir daí, os destinatários da nossa mensagem.
Além de nos permitir o arquivo de endereços individuais, este livro permite-nos a criação de listas de distribuição. As listas de distribuição são formadas por um conjunto de endereços individuais. Por exemplo, podemos criar uma lista com o nome "Multimédia" onde incluiremos os endereços individuais de todas as pessoas pertencentes ao departamento de Multimédia, deste modo quando pretendermos enviar uma mensagem para todos os funcionários daquele departamento apenas necessitaremos de colocar no campo "Para" ("To") o nome "Multimédia", evitando seleccionar individualmente os endereços de todos os funcionários.

 

Mailing lists

As mailing lists ou listas de endereços são criadas com o objectivo de trocar mensagens entre um grupo de utilizadores que têm assuntos e interesses em comum. Imaginemos um grupo de 100 pessoas cujo interesse comum é discutir assuntos ligados à preservação do meio ambiente. Cada vez que uma delas deseja enviar uma mensagem aos restantes terá que introduzir 99 endereços no seu cliente de e-mail, o que, convenhamos, não é muito prático e pior seria se tivesse que o fazer várias vezes ao dia! É neste cenário que surgem as mailing lists cujo objectivo é automatizar este processo através da criação de um endereço único.
Estas listas de endereços estão, geralmente, associadas a uma máquina que tem um endereço de e-mail especial e que faz a gestão do tráfego das mensagens. Suponhamos o endereço membros@ambiente.pt como sendo o endereço de mailing list. Qualquer mensagem enviada para este endereço será automaticamente reenviada para todos os membros da lista, inclusive para o seu remetente inicial. Desta forma, já não necessitamos de seleccionar 99 destinatários sempre que queremos enviar uma mensagem para o grupo, bastando apenas enviá-la para membros@ambiente.pt.

 

Envio de uma mensagem

Se quisermos enviar uma mensagem precisamos apenas de abrir o nosso programa de e-mail, escolher a opção "Nova Mensagem" ("New Message"), escrever o endereço do destinatário no campo "Para" ("To") e digitar o texto da mensagem. Se pretendermos responder a uma mensagem que nos foi enviada, basta abrir a mensagem em questão e clicar na opção "Responder"("Reply"), digitamos a nossa resposta e não precisamos de nos preocupar com o endereço do destinatário pois, neste caso, ele é automaticamente preenchido. Podemos ainda receber uma mensagem e reenviá-la a outros destinatários. Para tal, depois de abrirmos a mensagem, clicamos em "Forward" (Reencaminhar) e seleccionamos os destinatários. No final, quer se trate de uma resposta, de um reencaminhamento ou de uma nova mensagem, só temos de clicar na opção "Enviar" ("Send") e a mensagem segue para o(s) destinatário(s). Se por qualquer motivo a mensagem não chegar ao destino é-nos devolvida. Esta situação ocorrerá se o endereço do destinatário não existir, for mal escrito ou se houver falhas nas comunicações.

 

Serviços adicionais do e-mail

  • Confirmação de entrega no destinatário desde que se tenha seleccionado essa função nas Opções da mensagem enviada;
  • Confirmação de leitura pelo destinatário desde que se tenha seleccionado essa função nas Opções da mensagem enviada;
  • Integridade e autenticidade da mensagem (é possível digitalizar a nossa assinatura);
  • Confidencialidade da mensagem (encriptação da mensagem);

 

Como descobrir endereços e-mail?

O método ideal é que as pessoas a quem queremos enviar mensagens nos forneçam o seu endereço de e-mail mas existem algumas ferramentas que nos podem auxiliar a encontrar o endereço electrónico de alguém. Para podermos descobrir um endereço electrónico com o auxílio dessas ferramentas de consulta precisamos de saber, no mínimo, o nome da pessoa e a instituição ou região onde ela poderá ter uma conta de e-mail. Apresentamos aqui, de forma sucinta, algumas das ferramentas que podem ajudar a descobrir o e-mail address de um utilizador da Net.

Netiquette no e-mail

No correio electrónico, tal como em toda a Net, existem algumas regras de etiqueta que devemos ter em conta para não ofendermos ou desagradarmos os nossos destinatários.

  • Assunto
    Quando recebemos um e-mail o que nos aparece primeiro é o nome do remetente e o assunto da mensagem. Assim, devemos indicar sempre no campo "Assunto" ("Subject") o tema da nossa mensagem.
  • Maiúsculas
    Na linguagem da Net, as letras maiúsculas significam "GRITOS" e ninguém gosta de receber uma mensagem aos GRITOS. As maiúsculas só devem ser utilizadas quando se pretende enfatizar algo e nunca na totalidade da mensagem pois, para além do que significam, dificultam a sua leitura.
  • Enfatizar
    Além das letras maiúsculas, existem outros modos de dar ênfase a uma determinada palavra ou expressão, para isso pode utilizar-se o * (asterisco) ou o sublinhado que correspondem ao bold e ao itálico.
  • Citações
    Devemos incluir nas nossas respostas citações de partes da mensagem a que estamos a responder de modo a auxiliar o nosso destinatário a contextualizar-se.
  • Acentos
    Embora seja cada vez mais raro, ainda existem alguns programas de e-mail que não estão preparados para descodificar correctamente mensagens acentuadas. Convém saber se o destinatário possui um programa que suporte a acentuação das palavras que compõem a mensagem pois, caso contrário, receberá uma mensagem repleta de símbolos indecifráveis.
  • Privado
    Quando quisermos colocar uma mensagem pessoal que nos tenha sido enviada num local público – newsgroups ou chats, por exemplo – devemos primeiro pedir autorização ao autor da mesma.
  • Insultar
    Mesmo a brincar, uma mensagem com insultos pode ser mal interpretada pelo nosso destinatário. E como não estamos lá quando ele receber a mensagem para poder mostrar que era apenas uma brincadeira, o melhor mesmo é não insultar...
  • Attachments
    É necessário ter cuidado com o tipo e o tamanho dos ficheiros anexos que enviamos. Se o ficheiro enviado for muito grande devemos informar o destinatário da mensagem pois esta vai demorar mais tempo a descarregar e isso aumentará os custos do seu receptor.
  • "Spam"
    O "Spam" ou correio-lixo, geralmente publicidade, é bastante desagradável para a maioria dos utilizadores da Net, além do que, em grande escala, é proibido por grande parte dos fornecedores de acesso. Assim, não deve enviar este tipo de mensagens.

Escola Secundária Rocha Peixoto

Página dedicada ao mundo virtual que tanto nos fascina - o mundo da NET!!!!
por: Miguel Vale 10º F N.º16